19 de fev de 2016

Itamaraju: Mulher é acusada de mandar matar carteiro para ficar com o amante


A esposa de um carteiro da cidade de Itamaraju, no sul da Bahia, foi presa na quinta-feira (18) após a polícia descobrir que o amante da mulher mandou matar o marido dela. Segundo a polícia, a situação é um triângulo amoroso e a mulher sabia da intenção do mandante do crime de matar o carteiro. A vítima foi atingida por dois tiros, um no rosto e outro no abdômen. Ele foi encaminhado para o Hospital Geral de Teixeira de Freitas, também no sul do estado, e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O autor dos disparos confessou o crime e está preso em Itamaraju. O suposto mandante está foragido. Conforme o delegado que investiga o caso, Marco Antônio Neves, a mulher havia saído da casa do marido, mas ainda mantinha a relação com ele e também com o amante, um ex-presidiário acusado de tráfico de drogas. De acordo com a polícia, o atirador foi colega de cela do mandante do crime. “O amante pediu que ela deixasse o marido, que não seria capaz de aceitar ela com outro homem. Ainda assim ela manteve os dois. O amante disse que se ela não deixasse o marido, o mataria. Ela continuou com a dupla relação e, enquanto isso, o marido dela recebia ameaças. Ela sabia que o crime aconteceria porque o mandante dizia o tempo inteiro que iria matá-lo”, relatou Neves em entrevista ao G1 nesta sexta-feira (19). De acordo com a polícia, a mulher foi presa enquanto acompanhava o marido no hospital. Em depoimento à polícia, a mulher informou que estava casada há 14 anos com a vítima e, juntos, tinham uma filha de 12 anos. O suspeito de ser o mandante do crime permanece foragido. (G1
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :