3 de mar de 2016

Homem descobre R$ 73 mil em seu nome 30 anos após ajuizar ação

Processo foi ajuizado por trabalhador em junho de 1986, em Salvador (Foto: Divulgação/TRT)
Um trabalhador rural descobriu que R$ 73 mil referentes a uma indenização estavam depositados em seu nome, 30 anos após ter entrado com um processo na Justiça, em Salvador, para pedir verba rescisória após ter sido demitido de uma empresa, em Salvador. A notícia foi dada ao homem por funcionários da Sessão de Análise Documental (SAD) do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região. Segundo o órgão, o trabalhador rural hoje é dono de uma roça no interior de Minas Gerais. Ele é ex-empregado de uma unidade na capital baiana do extinto Banco Comércio e Indústria de São Paulo (Comind), contra quem ajuizou o processo, em 25 de junho de 1986, na 10ª Vara de Salvador. O homem preferiu não ser identificado. O crédito estava disponível desde 1997 no nome dele, em uma conta judicial, quando foi depositado pela Comind, entretanto como não acompanhou o andamento do processo na Justiça, o trabalhador não ficou sabendo do pagamento da idenização e não realizou a retirada do dinheiro. (G1)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :