26 de abr de 2016

Crise faz desabar cachês de músicos a coisa ta feia

450992843
Números divulgados pelo colunista Ricardo Feltrin, do Portal Uol, revelam o efeito da crise também no mundo artístico. Músicos que antes cobravam até R$ 800 mil por show, a exemplo de Wesley Safadão, foram forçados a se adaptar aos tempos bicudos. Safadão viu o cachê despencar de R$ 800 mil para até R$ 200 mil. O Rei Roberto Carlos, que completou 75 anos no final de semana, também sentiu. Os shows estão saindo por R$ 750 mil agora, conforme o colunista. Antes, era R$ 1 milhão em média. Confira alguns números, conforme apurado por Feltrin.
Roberto Carlos
R$ 1 milhão
Agora: R$ 750 mil
Redução de 25%

Wesley Safadão
Entre R$ 500 mil e R$ 800 mil
Agora: R$ 200 mil
Redução entre 60% e 75%

Jorge & Mateus
R$ 400 mil
Agora: R$ 320 mil
Redução de 20%

Ivete Sangalo
R$ 350 mil
Agora: R$ 250 mil
Redução de 28,5%

Claudia Leitte
R$ 300 mil
Agora: R$ 175 mil
Redução de 41,6%

Gusttavo Lima
R$ 320 mil
Agora: R$ 220 mil
Redução de 31,25%

Fernando & Sorocaba
Entre R$ 250 mil e R$ 300 mil
Agora: R$ 150 mil
Redução entre 40% e 50%

Victor & Leo
Entre R$ 240 mil e R$ 280 mil
Agora: R$ 110 mil
Redução entre 54,1% e 60,7%

Luan Santana
R$ 200 mil
Agora: R$ 160 mil
Redução de 20%

Paula Fernandes
R$ 150 mil
Agora: R$ 120 mil
Redução de 20%

Anitta
R$ 80 mil
Agora: R$ 40 mil
Redução de 50%

Nando Reis
R$ 65 mil
Agora: R$ 35 mil
Redução de 46,1%

Naldo Benny
R$ 30 mil
Agora: R$ 6 mil
Redução de 80%
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :