7 de abr de 2016

Ex-presidente da Andrade Gutierrez diz que propina financiou campanha de Dilma

Ex-presidente da Andrade Gutierrez diz que propina financiou campanha de Dilma
O ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo, disse em sua delação premiada que a empreiteira financiou a campanha política da presidente Dilma Rousseff em 2014 com dinheiro de propina paga para conseguir obras superfaturadas da Petrobras e do sistema elétrico. A última campanha eleitoral da presidente, há dois anos, teve doações no valor de R$ 20 milhões da empreiteira. Segundo a Folha de S. Paulo, entre 2010 e 2014, cerca de R$ 10 milhões repassados pela empreiteira têm relação com propinas para obras superfaturadas de obras públicas. Azevedo aponta que a propina que financiou as campanhas teve origem em contratos para executar as obras da hidrelétrica de Belo Monte, o Complexo Petroquímico do Rio e a usina nuclear Angra 3. As três estão entre as dez maiores do Programa de Aceleração do Crescimento. Ainda de acordo com a Folha de S. Paulo, o ex-presidente da empreiteira sistematizou em uma planilha como funcionavam os pagamentos. Esta é a primeira vez que um empresário detalha como acontecia o esquema investigado pela Operação Lava Jato de financiamento de partidos políticos com dinheiro de propina, repassado legalmente sob a justificativa de ser doação de campanha.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :