6 de mai de 2016

Jojó de Olivença, símbolo do surf nacional, carregará a Tocha Olímpica


Entre as mais de 30 pessoas que receberam a missão de conduzir a Tocha Olímpica pelas ruas de Ilhéus está o ilheense Jocélio de Jesus ou, para boa parte da comunidade local, Jojó de Olivença. Surfista desde os 11 anos, Jojó colecionou títulos nos mares do Brasil e do mundo e, agora, se prepara para, em sua terra natal, fazer parte da história como condutor da chama que simboliza os jogos olímpicos e que chega à cidade no próximo dia 21. “Será um acontecimento muito importante para o esporte brasileiro e, para mim, uma honra muito grande estar entre os condutores da tocha, principalmente na minha cidade”. Ilhéus será uma das “cidades celebração”, onde o símbolo vai pernoitar. Serão realizados shows musicais e apresentações culturais, além da virada esportiva, promovida pela Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur). Biografia - Jojó de Olivença, 48 anos, é surfista profissional e será um dos condutores da tocha no revezamento em Ilhéus. Olivença surfa desde os 11 anos. Conta que descobriu o esporte nas praias da cidade. Na prateleira de prêmios, exibe como o de bicampeão brasileiro, campeão baiano e paulista de surf, bicampeonato Brasileiro Master (2013/2014) e medalha de prata no Campeonato Master Internacional (2012).  Durante o período de 1993 a 1998, representou o Brasil no circuito internacional de surf, atual WSL. Com entusiasmo, conta que pretende, em breve, passar aos jovens de Ilhéus parte do que aprendeu e vivenciou no surf, por meio da criação da Organização Não Governamental (Ong) Projeto Ondas.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :