3 de jun de 2016

Ilhéus: Justiça condena vereador à prisão por estupro contra menina de 13 anos

001
A Justiça condenou a sete anos de prisão o vereador de Ilhéus, Gilmar Sodré (PMN), por estupro contra uma menina de 13 anos. De acordo com o Ministério Público da Bahia, o edil passará a regime semiaberto, pelo crime cometido em 2007. A sentença foi determinada pela Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia. O acórdão, publicado no Diário de Justiça Eletrônico na última terça-feira (31), reformou decisão de primeira instância que havia absolvido o edil. De acordo com a relatora Rita de Cássia Machado Nunes, “a prova da materialidade está positivada no laudo pericial, que aponta o desvirginamento da menor, e a autoria é induvidosa, posto que as declarações da vítima e de sua tia conduzem à conclusão que o acusado, inequivocamente, abusou sexualmente da primeira”. A desembargadora considerou o depoimento da vítima de “enorme valor probatório em análise com os demais elementos constantes nos autos”, já que, pontuou a magistrada, crimes contra a dignidade sexual são praticados de forma clandestina. Segundo o promotor de Justiça Maurício Gondim, a vítima relatou que no dia 8 de outubro de 2007 foi induzida, por meio de oferecimento de vantagens, a encontrar o vereador em um motel e lá manter relação sexual com ele, num encontro intermediado pela tia. O vereador ainda fica inelegível por oito anos. (Bocão News).
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :