11 de jun de 2016

Padre mineiro abusa de menino com retardo mental

Na tarde de sábado 4, Fabiano Santos Gonzaga, 28 anos e 1,83 metro de altura, bebia cerveja com dois amigos em uma mesa à beira da piscina do Caldas Termas Clube, o mais tradicional da cidade turística de Caldas Novas, no interior de Goiás. A música sertaneja tocava alto e o sol estava escaldante. Fabiano decidiu ir à sauna. No momento em que entrou na sala, havia duas pessoas: um senhor de cerca de 60 anos e um adolescente de 15 - loiro, de olhos azuis, quase da altura de Fabiano, gordinho como um querubim. De sunga, Fabiano sentou-se de frente para o menino, no banco à direita da entrada, ao lado da cascata de água quente. O homem mais velho logo saiu. A cena que se seguiu parte do relato do adolescente, registrado em um inquérito policial que corre sob sigilo de Justiça.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :