28 de jun de 2016

Prato mais salgado: Assim como o feijão, preço do arroz deve registrar alta

arroz
O prato tradicionalmente encontrado na mesa dos brasileiros está cada vez mais caro. E o feijão não é o único responsável. O arroz tem registrado elevação nos preços devido à produção menor, custos maiores nas importações e margem maior de comercialização imposta pelo varejo. De acordo com Vlamir Brandalizze, especialista em arroz e feijão, as margens de varejo para o pacote de arroz de arroz passaram de R$ 1 a R$ 2 por pacote de cinco quilos para R$ 3 a R$ 3,5. Já o feijão, que custava de R$ 1 a R$ 2 por quilo, subiu para R$ 3 a R$ 5, segundo a Folha de S. Paulo. O aumento está relacionado à tentativa, por parte das lojas de varejo, de buscar um equilíbrio de contas devido à queda de vendas em outros setores, afirmou o analista. A elevação do preço de arroz tem motivos similares à alta do feijão: área e produção serão menores. Neste ano, o Brasil destinou 14% menos hectares do que em 2014/15 para produção do grão, que recuou para 10,7 milhões de toneladas, ante 12,4 milhões do ano anterior. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê consumo nacional em 11,5 milhões de toneladas.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :