9 de jul de 2016

MPF pede cassação de prefeita de Piripá por descumprimento de ordem judicial

Sueli (PP) descumpriu ordem judicial (Foto: Blog do Anderson)
O Ministério Público Federal da Bahia (MPF) pediu a cassação da prefeita de Piripá, Sueli Gonçalves (PP), e a inabilitação para o exercício de função pública pelo prazo de cinco anos. De acordo com o MPF, Sueli descumpriu ordem judicial de julho de 2014. Naquele ano, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) encaminhou ofício à denunciada, com requisição de pagamento de dívida, que deveria ser feito por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU). De acordo com a denúncia do procurador regional da República Alexandre Espinosa, a prefeita limitou-se a ”justificar a ausência de pagamento de forma genérica, sem, contudo, apresentar qualquer documentação que corroborasse suas alegações”. O prazo para o pagamento expirou em dezembro de 2015. Em fevereiro deste ano, o presidente da Corte Regional determinou a expedição de novo ofício à prefeita, requerendo o depósito dos valores devidamente corrigidos. No entanto, Sueli Gonçalves novamente não apresentou o motivo da recusa ou da impossibilidade de cumprimento da determinação. (Bocão News)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :