20 de ago de 2016

Brasil vence Alemanha nos pênaltis e garante ouro inédito

Não foi fácil, uma mistura de suspense e dramaticidade em 120 minutos sem contar as disputas de penalidades máximas, mas o Brasil conseguiu fazer o dever de casa no primeiro reencontro com a Alemanha após aquela fatídica derrota por 7 a 1 na Copa do Mundo de 2014 e neste sábado diante de 70 pessoas no estádio do Maracanã pintado de verde e amarelo, derrotou a Alemanha nos pênaltis por 5 a 4 após empatar no tempo normal por 1 a 1 e novamente por 0 a 0 na prorrogação, conquistando assim a medalha de ouro de forma inédita nos jogos Rio-2016. No primeiro tempo tudo conspirou a favor da seleção brasileira, inclusive o travessão que parou o contra-ataque alemão por 3 vezes só no primeiro tempo, mas não impediu que a bela cobrança de falta do atacante Neymar morresse no fundo das redes aos 26 minutos homenageando o mito Usain Bolt que estava presenta para apoiar e torcer pela seleção. Na segunda etapa não podemos dizer o mesmo. A Alemanha cresceu e conseguiu o empate aos 13 minutos com Meyer. Com o 1 a 1, a decisão foi para prorrogação que terminou novamente empatada por 0 a 0. Nos pênaltis, o goleiro Weverton pegou a quinta cobrança e restou para Neymar bater a última cobrança que deu o ouro inédito ao Brasil. O Brasil comandado pelo técnico Rogério Micale encerra as Olimpíadas de forma honrosa e impecável no futebol masculino. Foram 3 vitórias, 3 empates (contando a final) e nenhuma derrota, 13 gols marcados e 1 sofrido. Antes de Brasil e Alemanha se enfrentarem no Maracanã pela disputa do ouro olímpico, pela disputa do bronze em partida realizada no Mineirão, a Seleção da Nigéria venceu Honduras por 3 a 2 e garantiu o terceiro lugar no pódio dos Jogos Rio-2016. (FB)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :