17 de ago de 2016

"Ele é um orgulho para a família e para Ubaitaba”, diz mãe de Isaquias após conquista da medalha

006
O baiano Isaquias Queiroz é só felicidade. O que era promessa de medalha olímpica para o Brasil foi confirmada na manhã desta terça-feira (16), durante a prova do C1 1.000m. Ele conquistou a prata, a primeira na história da canoagem brasileira. Durante o pódio, o menino de Ubaitaba, de apenas 22 anos e que participa de sua primeira Olimpíada, comemorou o feito. “É muito gratificante. É medalha de prata, mas para mim tem gosto de ouro. É uma batalha que venho trilhando há muitos anos. Vem mais por aí. Vamos esperar. Quero sair daqui com três medalhas no peito”, disse ele, lembrando que ainda vai disputar mais duas provas, uma delas ao lado do também baiano Erlon de Souza. A alegria ficou ainda maior por uma torcedora especial na arquibancada. Dona Dilma, mãe de Isaquias, acompanhou a prova de perto na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. Após a confirmação da medalha, ela não segurou a emoção e mal conseguia falar. “Estou muito feliz, não sei nem o que dizer. Ele é um orgulho para a família e para Ubaitaba. Só Deus, só Deus, só Deus. Não tem explicação. Estou muito feliz. Muito obrigado por tudo”, disse ela. O tempo de comemoração para Isaquias vai ser curto. Amanhã, ele volta a entrar nas águas da Lagoa. Vai competir no C2 200m individual. O baiano está otimista por mais medalhas. “Estou confiante que vem mais medalhas pelos treinos que fiz”, finalizou ele. (Correio)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :