2 de set de 2016

Acusado de estupro, Jobson é solto após ficar quase 70 dias na cadeia

Ex-atacante do Bahia e Botafogo, Jobson deixou a cadeia em Marabá (PA), nesta sexta-feira (2), após ficar quase 70 dias preso. Ele é acusado de estuprar quatro adolescentes, sendo duas de 14 anos, uma de 13, e outra de 12. O juiz Ricardo Gagliari concedeu a liberdade provisória ao atleta, no entanto estabeleceu condições para a soltura, como o pagamento de uma fiança no valor de R$ 22 mil, de não manter contato com as vítimas e não frequentar bares e boates, além de não poder se ausentar da comarca onde mora sem autorização da Justiça. Jobson, de 28 anos, está suspenso pela Fifa de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol até o dia 31 de março de 2018 por ter se recusado a fazer um exame antidoping quando defendia um clube da Arábia Saudita. (Bahia Notícias)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :