6 de out de 2016

Assembleia dos bancários do Banco do Brasil de São Paulo, Osasco e região (Foto: Reprodução / Twitter do Sindicato)
Bancários dos bancos privados e do Banco do Brasil das cidades de São Paulo, Osasco e região decidiram nesta quinta-feira (6) encerrar a greve, informou o sindicato que representa a categoria localmente. Os bancários da Caixa Econômica Federal decidiram manter a greve na Grande São Paulo. Após 31 dias de paralisação, os bancários de São Paulo, Osasco e Região decidiram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (6), encerrar a greve, iniciada no dia 6 de setembro, informou a assessoria de imprensa do sindicato. A categoria retorna ao trabalho nesta sexta-feira (7). A categoria aceitou a terceira oferta apresentada pela Fenaban (Federação Nacional do Bancos) na noite de quarta-feira: reajuste de 8% em 2016 e abono de R$ 3.500. A proposta também inclui aumento de 10% no vale refeição e no auxílio-creche-babá e de 15%, no vale alimentação. Os bancos também se comprometeram a garantir aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas. O acordo proposto pelos bancos tem validade de dois anos. Para 2017, os salários serão reajustados pela inflação (INPC/IBGE), mais 1% de aumento real. A greve completou 31 dias nesta quinta-feira (6) e supera a de 2004, primeiro ano em que os bancários se uniram para negociar melhores condições para a categoria e que tinha sido a mais longa até então com duração de 30 dias, segundo a Confederação Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). A greve de 2015 durou 21 dias. Os bancários pediam a reposição da inflação do período mais 5% de aumento real (totalizando 14,78% de reajuste), valorização do piso salarial - no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) e PLR de três salários mais R$ 8.317,90. Antes do início da greve, no dia 29 de agosto, os bancos propuseram reajuste de 6,5%. Novas propostas foram apresentadas nos dias 9 e 28 de setembro, de reajuste de 7%. Todas foram rejeitadas pelos bancários, que decidiram manter a greve por tempo indeterminado. A greve afetou os serviços bancários em todo o país, pois algumas situações não podiam ser resolvidas em canais de autoatendimento e outros meios alternativos.Na quarta-feira (5) 13.123 agências e 43 centros administrativos ficaram fechados segundo a Contraf, o correspondente a 55% dos locais de trabalho em todo o país. O dia em que foi registrado o maior número de agências fechadas foi 27 de setembro, quando 13.449 fecharam as portas.

0 comentários:

Postar um comentário

ERLON BOTELHO

ERLON BOTELHO

VISITAS ONLINE

ALTAMIRANDO!!

ALTAMIRANDO!!

VEREADOR GILDÁSIO GONZAGA

VEREADOR GILDÁSIO GONZAGA

VEREADOR LUCIANO

VEREADOR LUCIANO

COSME ARAUJO

COSME ARAUJO

ORLANDO UBLA

ORLANDO UBLA

SAMUEL CHAVES

SAMUEL CHAVES

BICO FINO VEREADOR - UNA

BICO FINO VEREADOR - UNA

VEREADOR WAGNER

VEREADOR WAGNER

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

NOSSO WHATSAPP DO MACUCONEWS

NOSSO WHATSAPP DO MACUCONEWS

ÁGUIA VEÍCULOS UM SONHO QUE PODE VIRÁ REALIDADE PRA VOCÊ!!

ÁGUIA VEÍCULOS UM SONHO QUE PODE VIRÁ REALIDADE PRA VOCÊ!!

SUA EMPRESA NA MÃO CERTA!!!

SUA EMPRESA NA MÃO CERTA!!!

BUERAREMA: QUEM SERÁ O NOVO PRESIDENTE DA CÂMARA!

PREFEITURA DE BUERAREMA

PREFEITURA DE BUERAREMA

COMPROMISSO COM A LIMPEZA PÚBLICA!

COMPROMISSO COM A LIMPEZA PÚBLICA!

CRIAÇÃO DE SITE

VI COMPREI

LEOCELL EXCELÊNCIA EM CELULARES!

LEOCELL EXCELÊNCIA EM CELULARES!

ULTIMAS NOTICIAS

ALLAN MENDES PARCEIRO DO MACUCONEWS

ALLAN MENDES PARCEIRO DO MACUCONEWS

O SEU CONSULTÓRIO É "SÓ DENTE"

O SEU CONSULTÓRIO  É "SÓ DENTE"

Busca do Macuco

JEQUITIBÁ TRANSPORTES!