25 de nov de 2016

Itagibá: está na mira da Polícia Federal em operação contra desvios no transporte escolar

emfoco
Viaturas da Polícia Federal estiveram nesta sexta feira (25) em Itagibá investigando denúncia de desvios no transporte escolar. A cidade sedia uma das empresas responsáveis pelo transporte escolar de municípios envolvidos na operação deflagrada que cumpre mandados judiciais, e acontece também em Malhada de Pedras, Salvador, Alagoinhas, no agreste e São José do Jacuípe, na Bacia do Jacuípe. Na operação estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, oito conduções coercitivas, três medidas cautelares e 15 mandados de busca e apreensão. A operação Vigilante foi desencadeada pela PF, com apoio do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). O prejuízo estimado ao Erário é de, pelo menos, R$ 3 milhões. Segundo a operação, foram identificadas fraudes em licitação, com direcionamento, para contratação de empresa vinculada a gestores municipais; superfaturamento mediante adulteração de quilometragem de linhas percorridas; e cobrança pela prestação de serviço de transporte, em dias sem atividade escolar.Em alguns casos, a quilometragem cobrada era mais do que o dobro da distância real percorrida. Cerca de 90 agentes participam da ação, entre policiais e auditores da CGU. Vigilante, nome da Operação, faz referência ao nome da empresa utilizada pela organização criminosa, que em tupi, significa vigilante; e faz alusão a órgãos de controle, que estão vigilantes quanto aos desvios de recursos públicos.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

Um comentário :