12 de dez de 2016

Bahia: Grávida é torturada em praça pública por trair traficante

O tráfico de drogas dita cada vez mais as normas para quem ultrapassa os limites da “lei paralela” do crime. Em Feira de Santana, uma mulher grávida teve seus cabelos cortados e sobrancelhas raspadas por um gilete por traficantes da facção Catiara, uma das mais temidas da Bahia. Isso porque ela teve um relacionamento com um traficante de facção rival. Em um vídeo publicado nas redes sociais, a mulher é obrigada a falar os gritos de guerra da Catiara. O caso aconteceu no bairro de Queimadinha, no começo de outubro. A coordenadora do Gedem-MPBA (Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher do Ministério Público baiano) e promotora de Justiça, Lívia Santanna Vaz, disse que a omissão do Estado faz com que essas vítimas fiquem ainda mais vulneráveis. A promotora vai enviar um ofício para a SSP-BA (Secretaria da Segurança Pública da Bahia) para obter informações oficiais sobre o caso. *Varela Notícias.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :