27 de dez de 2016

Cadela espera há um mês em frente a hospital em que dono morreu no Mato Grosso

Cadela espera há um mês em frente a hospital em que dono morreu no Mato Grosso
A cadela Belinha aguarda há cerca de um mês pelo seu dono na saída do Pronto Socorro de Nova Olímpia, cidade de Mato Grosso. O homem de 58 anos que morava sozinho com ela morreu durante o tratamento contra um câncer, mas ela segue na porta da unidade médica e acabou se tornando um mascote do local. Segundo o socorrista que levou o paciente até o hospital, Amir Rodrigues dos Santos, a cadela ainda fareja todas as pessoas que passam pelo local. “Quando a gente colocou o paciente na ambulância a cachorrinha já estava ao lado dele”, lembra, em entrevista à TV Centro América. Sem o seu dono, funcionários e pacientes do pronto socorro prestam ajuda, oferecendo cuidado e alimentos. Tânia Furtado, técnica de enfermagem da unidade, recorda que o paciente costumava levar Belinha ao hospital durante as consultas médicas. “Ela está esperando ele sair daí de dentro. A esperança dela é ver o seu Benedito sair e levar ela para casa", relata.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :