2 de mai de 2017

BUERAREMA: AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE DESATIVAÇÃO DA COMARCA :


SERVIDORES do Fórum “Gerson Pereira” de Buerarema, autoridades e populares participaram de uma audiência pública na noite desta terça-feira, (02), por volta das 19:30min contra desativação da comarca da cidade. Centenas de moradores de Buerarema, Jussari e São José da Vitoria, incluindo funcionários do Fórum e autoridades locais juntaram as vozes na Câmara de Vereadores em forma de protesto contra o fechamento da comarca, intenção já manifestada pelo Tribunal de Justiça do Estado, como forma de contenção de gastos. A câmara de vereadores ficou lotada e durante audiência foi registrada a presença dos prefeitos Vinícius Ibramm, de Buerarema, Antonio Valete, de Jussari e vereadores das três cidades. O prefeito de Buerarema Vinicius Ibram foi muito firme  em seu depoimento e disse do compromisso da atual Administração Municipal em buscar mecanismos para que não haja a desativação da Comarca de Buerarema.E convidou a todos presentes, prefeitos e vereadores para irem a Salvador na segunda feira, onde estará em reunião com deputados levando esta situação pra eles, para também, através da força política tentar não deixar desativar a Comarca local, justificou Vinicius Ibram.E em conjunto com as três cidades foi marcada uma manifestação pacifica em frente ao fórum local com as comunidades de Jussari, São José da Vitória e Buerarema para mostrar ao governador e a Presidente do Tribunal de Justiça, a senhora Maria do Socorro, a preocupação das comunidade com esse fechamento. Vários representantes de ordens, seguimentos religiosos, sindicalistas, empresários, lideres políticos e estudantes se pronunciaram repudiando a desativação da Comarca, levantaram proposições e ao mesmo tempo consolidaram o apoio ao movimento que visa impedir que Buerarema entre na lista dos municípios sem Comarca, o que pode causar grandes prejuízos a população.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

Um comentário :

  1. Por Amor a Buerarema e Respeito ao Povvoquinta-feira, maio 04, 2017

    A audiência pública se torna necessária, entretanto não vejo objetividade em manifestação na porta do Foro, não é o Juiz local que tem o poder de inverter nenhuma decisão de fechar o Foro, esta perdas de tempo deveria estar sendo substituída por uma ação do Prefeito no Tribunal de justiça da capital, aliás isto não era nem para estar acontecendo, afinal onde está a representação politica do Prefeito na assembléia, que incursões ele já fez para dar de satisfação ao povo, ascho que talvez esteja esperando o comanbdo de como fazer do seu orientador e que até que me provem o contreário tambémnão tem muita afinidade e amor por Buerarema

    ResponderExcluir