15 de ago de 2017

PASTORAL CARCERÁRIA PEDE PRISÃO DOMICILIAR PARA DETENTAS GRÁVIDAS

 
 A pastoral carcerária cobra a liberação de presas grávidas e com crianças de colo do presídio de Feira de Santana. Segundo o arcebispo de Feira, Dom Zanoni Demetino Castro, que visitou a unidade nesta segunda-feira (14), três mulheres estão grávidas, e seis criam bebês de colo. Em nota nacional, a pastoral carcerária declarou que as detentas “estão sendo mantidas presas, pela Justiça, em celas superlotadas – poluídas, insalubres e contaminadas”.  Dom Zanoni ainda afirma que as crianças encarceradas com suas mães “tem tido um atendimento médico muito precário”, razão pela qual a Pastoral Carcerária precisou levar “uma pediatra voluntária ao presídio para atender um caso urgente”. À TV Subaé, a direção do presídio informou que a Justiça já negou a saída das presas para prisão domiciliar. Para tentar atenuar as condições, foi criado um berçário na ala feminina. No entanto, as detentas contam que o espaço não é suficiente para acolher quem precisa. (Bahia Notícias)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :