2 de out de 2017

ITABUNA: PREFEITURA É OCUPADA POR PROFESSORES EM PROTESTO

 
Professores da rede municipal ocuparam, na manhã desta segunda-feira (2), o prédio do Centro Administrativo Firmino Alves, na Avenida Princesa Isabel, no bairro São Caetano. Cerca de 500 profissionais da educação protestaram em frente à Secretaria de Educação do município, depois de assembleia realizada logo cedo. Os professores cobram a saída da secretária de Educação, Anorina Smith Lima, e pedem a revogação do decreto em que o prefeito Fernando Gomes acabou com o pagamento do adicional de Atividade de Classe (AC), que representa redução de até R$ 700 nos salários. O decreto foi publicado na edição do Diário Oficial do Município de sexta-feira (29). Para tentar justificar a retirada do AC de cerca de 500 profissionais, o prefeito alegou que o pagamento era ilegal e citou a Lei Municipal 1.913, de 2003, e Lei Federal 11.738, de 2008. O corte no pagamento da gratificação é retroativo ao dia 1º de setembro, o que significa que os professores de Itabuna já estão recebendo o salário do mês com desfalque de 20%. GREVE - reunidos no auditório do Sindicato do Magistério de Itabuna – Simpi, os professores disseram que existe a possibilidade de paralisação e, até mesmo greve dos professores, pois eles não aceitam que nenhum direito seja retirado. Foi dado um prazo até a próxima sexta-feira (6) para que a prefeitura reveja a situação. Caso a resposta seja negativa, será decretada greve por tempo indeterminado.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :