15 de mai de 2018

EX-PREFEITO É JULGADO QUASE 21 ANOS DEPOIS PELO ASSASSINATO DE RADIALISTA

 
Começou na manhã desta segunda-feira (14), no Fórum Desembargador Mário Albiani, em Eunápolis,no extremo sul da Bahia,o julgamento dos acusados de envolvimento no assassinato do radialista Ronaldo Santana. O júri ocorre  quase 21  anos depois do crime, após sucessivos pedidos de adiamento aceitos pela justiça. Santana foi executado no período em que fazia denúncias contra políticos de Eunápolis. Entre os acusados pelo crime está o ex-prefeito de Eunápolis, Paulo Dapé. O júri foi iniciado por volta das 9 horas da manhã e só deve ser encerrado na quarta-feira (16). Além de Dapé, estão no banco dos réus o atual vereador Valdemir Batista de Oliveira, o advogado Antônio Oliveira dos Santos e a sacerdotisa Maria José Ferreira Souza, mais conhecida como Maria Sindóa. O radialista Ronaldo Santana foi morto a tiros no dia 9 de outubro, quando se deslocava para Rádio Jornal de Eunápolis, onde trabalhava. Os disparos foram feitos pelo pistoleiro Paulo Sérgio Mendes Lima, que acabou condenado pelo júri popular em 2002. Foi Mendes quem apontou os outros supostos envolvidos no crime. O julgamento é presidido pelo titular da 1ª Vara Crime da Comarca de Eunápolis, Otaviano Andrade Sobrinho. (Pimenta)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :