6 de nov de 2018

SUL DA BAHIA REGISTRA MAIS DE 30 MORTES E NOTIFICA 250 NOVOS CASOS DE AIDS BUERAREMA INCLUSO

 
Dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) mostram que a Aids matou, de janeiro a outubro, 33 moradores do sul da Bahia. Em todo o estado foram registrados 154 óbitos, sendo 153 adultos e uma criança. As duas localidades com maior quantidade de pessoas que não resistiram à doença são Salvador e Ilhéus, com 59 e 20 notificações, respectivamente. No sul da Bahia, além de Ilhéus, os municípios de Camacan (4), Itabuna (5), Santa Luzia (1) e Una (3) registraram mortes causadas pela doença. Os dados obtidos mostram também que, no extremo-sul, as localidades com maior quantidade de óbitos causados pela doença são Porto Seguro (5), Eunápolis e Teixeira de Freitas (3). No sudoeste, foram registradas 12 mortes, sendo seis em Jequié e outras seis em Vitória da Conquista. A Aids também causou mortes em 21 municípios baianos. Em todo estado foram notificados 3.322 novos casos da doença neste ano. Itabuna é a terceira localidade em quantidade de notificações, com 153 ocorrências; atrás de Salvador (1.543) e Feira de Santana (203). O número de novos casos é alto também em Alagoinhas (50), Barreiras (44), Camaçari (75), Eunápolis (74), Ilhéus (53), Jequié (57), Juazeiro (60), Lauro de Freitas (96), Porto Seguro (79), Santo Antônio de Jesus (62), Teixeira de Freitas (56) e Vitória da Conquista (99). Além de Itabuna e Ilhéus, no sul da Bahia, os municípios de Buerarema (5), Camacan (15), Canavieiras (3), Coaraci (2), Itacaré (3), Itajuípe (3), Santa Luzia (3) e Una (13) notificaram novos casos de Aids. (Pimenta)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :