18 de dez de 2014

Segundo polícia, jovem ficou indignado ao ser repreendido por educadora. Caso ocorreu em Jacobina, norte da Bahia; guarda e PM foram acionados. Uma professora do Colégio Municipal Luís Alberto Dourado de Carvalho, em Jacobina, no norte da Bahia, foi ameaçada de morte por um aluno na quarta-feira (17), informou a Polícia Civil. De acordo com a delegacia da cidade, o estudante ficou indignado após ser repreendido pela educadora e chegou a tentar entrar na escola com uma faca. “Ele estava enforcando um aluno e depois ficou deitado em cima da mesa do professor. Nisso, a professora, que não é nem da turma dele, viu e mandou ele parar. Mas ele se alterou, disse que não ia sair, e a professora ameaçou chamar a diretora. Aí ele saiu e disse que ia em casa pegar um facão para matá-la. Quando ele saiu, encontrou a vice-diretora, que conversou com ele, mas ele ficou revoltado, deu dedo para ela e saiu. Minutos depois, ele voltou com uma faca, batendo no portão da escola para abrir e se não abrisse disse que ia pular o muro”, relatou uma professora, que prefere não se identificar. Segundo ela, por precaução, a mulher ameaçada pelo estudante chegou a ficar trancada em uma sala. “Nós não abrimos o portão, chamamos a Guarda Municipal e a Polícia Militar. Quando ele avistou a PM, fugiu”, acrescenta. A professora relatou que o aluno é do 5º ano, tem aproximadamente 15 anos, e não tinha perfil violento. “Ele  não gosta de ser chamado atenção, nunca usou de violência. Foi um momento de tensão. Como ele estava nervoso, em fúria, nós tememos que ele fosse entrar na escola”. O caso foi registrado na delegacia de Jacobina e até a manhã desta quinta-feira (18), o jovem não foi encontrado pela polícia. G1.

Na madrugada desta quinta feira (18), o temido traficante Rael da Silva Duarte de 20 anos, reagiu ao ser abordado pela Cipe Cacaueira (antiga Caerc), trocando tiros, em Una. Resultado: foi morto. Com o bandido, foram encontrados um revólver calibre 32 e drogas. Rael, que se intitulava o "dono do Sucupira", foi socorrido com vida ao Hospital Municipal Frei Silvério, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Ele era apontado como líder de um grupo que invadiu por diversas oportunidades o Bairro Marcel Ganem como o intuito de matar integrantes da gang rival, o denominado Grupo do Barril. Ao menos oito elementos foram vitimas de emboscada, e quatro deles foram a óbito. O indivíduo morava na cidade de Teixeira de Freitas. (Una na Mídia)

O rio macuco começa a aumentar seu volume de água e já começa a amedrontar os ribeirinhos. Hoje pela manhã, estivemos em vários locais e observamos o transtorno que traz para os moradores. A estrada que dá acesso ao Bairro São Bento, no trecho que liga aos terrenos de BIONOR já está tomada pela água, baronesas começam a se glomerar nas pilastras das pontes. Em contato com o prefeito Guima Barreto ele nos disse que: "Já estamos tomando as devidas providências, caso o volume de aguá comece a aumentar, pois já estamos preparados com alojamentos para o caso de ocorrer uma enchente". Enfatizou Guima Barreto.  





Amigos, indignados com o crime, lamentaram morte do jovem
O dançarino Robson Júnior Ferraz Santos, 19 anos, foi morto por volta das 23h desta quarta-feira (17) em Porto Seguro. Segundo a polícia, o jovem, que era mais conhecido como ‘Juninho Quebradeira’, foi atingido por vários tiros, principalmente na cabeça, enquanto transitava de moto pela estrada que faz a ligação do Baianão à Orla Norte da cidade. O crime aconteceu a poucos metros do recém-inaugurado posto policial da PM no Outeiro da Glória. Conforme as informações, o dançarino voltava do trabalho quando foi surpreendido pelo assassino. O veículo dele não foi roubado. O rapaz era filho do radialista Robson Ferreira Santos, o ‘Mestre Binha’, repórter da Rádio 98 FM, de Eunápolis. ‘Ele era trabalhador, morava com a mãe no Baianão. Aniversariou hoje [quarta-feira], no mesmo dia em que eu também completo ano. Ele ia dançar domingo no Axé Moi. Estou arrasado’, declarou Mestre Binha.A polícia de Porto Seguro ainda não tem informações sobre motivação e autoria do homicídio. (Radar 64)

17 de dez de 2014

Na imagem dá pra se perceber que o cão está triste com a prisão do seu dono
O melhor amigo do homem pode ser também o amigo mais fiel. Em Florianópolis, a polícia realizou uma ação para deter acusados de delitos. Durante a prisão de um morador de rua, suspeito de roubo, um animal chamou a atenção. O cachorro acompanhou toda a prisão do homem, até o seu encaminhamento para a viatura da polícia. Assim que foi abordado pelo policial, o morador de rua foi encaminhado para dentro do veículo.O cachorro acompanhou todos os passos da polícia e parecia não se conformar com a situação. Depois que o suspeito foi colocado dentro da viatura o animal pareceu inconsolável. Compadecidos com a situação, os policias permitiram que o animal ficasse próximo ao dono. E não deu outra: o bichinho pulou para dentro da viatura e acompanhou o “amigo” até a delegacia.

A chuva não dá trégua em nossa Buerarema, muitas chuva cai e é preocupante, hoje pela tarde já observei o Rio Macuco começar a ganhar volume de água, de acordo com moradores ribeirinhas, eles disse "ficamos comedo do rio porque de repente o rio enche e pega todo mundo de surpresa" disse uma moradora. Atento prepostos municipais 

O juiz Marcelo Testa Baldochi – que mandou prender três funcionários da empresa aérea TAM, no aeroporto de Imperatriz (a 636 km de São Luís), após chegar atrasado para um voo e ser impedido de embarcar – foi afastado de suas funções na manhã desta quarta-feira. Também foi aberto um processo administrativo disciplinar (PAD) contra o magistrado. O juiz pode recorrer da decisão. O afastamento, por tempo indeterminado, foi decidido na última sessão ordinária do Tribunal de Justiça do Maranhão antes do recesso de fim de ano. O desembargador Antonio Fernando Bayma Araujo, que presidiu a comissão de sindicância do TJ-MA, foi a Imperatriz nesta semana ouvir os envolvidos. Hoje, ele propôs no plenário do TJ-MA o afastamento do juiz. Ficou evidenciado, no caso, o abuso de autoridade do magistrado e seu mau exemplo para o todo o Poder Judiciário — disse ele ao GLOBO. O episódio da prisão dos três funcionários da TAM ocorreu na noite do último dia 6, no aeroporto Renato Cortez Moreira, em Imperatriz, e foi gravado em uma celular por uma pessoa que estava no guichê da empresa aérea. Outro funcionário conduzido, o agente de bagagem Alessandro Rodrigues, afirmou, em reportagem do “Fantástico”, que “é triste para um pai de família sair de casa para trabalhar e de repente se deparar com uma situação dessa”. CARTA PÚBLICA NA INTERNET

Até agora, o juiz não quis falar diretamente com a imprensa mas, diante da repercussão do caso, Marcelo Baldochi prestou esclarecimentos em carta pública divulgada na internet:
“O voo marcado para as 21h02 admitia o embarque, segundo as normas de aviação civil e do que consta do próprio bilhete, 15 minutos antes da partida”, disse. “Todavia, mesmo com o check-in em mãos, às 20h32, os passageiros Marcelo Baldochi e Camila Costa foram impedidos de embarcar sob a alegação de que deveriam estar no local às 20h”, relatou o juiz. O magistrado ainda disse que o agente da TAM não prestou qualquer informação e disse que “não era problema dele”, isolando-se numa sala da companhia. Baldochi informou ter registrado às 20h42 uma ocorrência na Infraero/Anac contra a companhia e seu agente. Por fim Baldochi ainda afirmou que “o agente incorreu em ilícito civil e criminal, e toda e qualquer pessoa pode dar voz de prisão e chamar a polícia”. “Está na lei e ali se fazia presente um consumidor que exigia seus direitos”, completou. O magistrado é paulista e atuou por mais de seis anos na comarca de Senador La Rocque. Ele estava na 4ª Vara Cível de Imperatriz. Baldochi já foi acusado pela fiscalização do grupo móvel do Ministério do Trabalho, em 2007, de se utilizar de 25 trabalhadores em situação degradante (análoga à escravidão) numa propriedade sua – a Fazenda Pôr do Sol, em Bom Jardim (MA). Em 2011, Marcelo Baldochi foi condenado pela Justiça maranhense a indenizar em R$ 31 mil quatro desses trabalhadores – um deles menor de idade, na época. Três entidades da magistratura – Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Maranhão – condenaram a atitude do juiz de dar voz de prisão aos trabalhadores da empresa aérea após chegar atrasado ao aeroporto e perder o voo.

Uma doença misteriosa, sem detalhes descobertos, faz com que moradores de uma pequena cidade do Cazaquistão durmam por vários dias seguidos. A primeira pessoa a apresentar a doença começou com a crise de sono em abril de 2010 e, até hoje, os médicos não acharam o motivo exato para o transtorno. A vila é apelidada de “Vale do sono” entre a comunidade vizinha. As informações são do Daily Mail. Situada no nordeste do Cazaquistão, a cidade de Kalachi tem 14% dos cidadãos afetados. Ao menos 60 pessoas já foram ao hospital nos últimos quatro anos com sintomas da doença misteriosa, tais como tontura, incapacidade de ficar em pé, cansaço e problemas de memória. Os médicos já descobriram que um líquido no cérebro causa a sonolência, mas ninguém sabe por que tal líquido apareceu no cérebro de centenas de pessoas. Além disso, supostas causas, como doenças por vírus ou infecções bacterianas já foram descartadas. Alguns cientistas também pesquisaram a possibilidade de haver alguns produtos químicos no solo ou na água, porém nada foi encontrado. Os moradores locais acreditam que o urânio das antigas minas soviéticas pode ser a grande causa do problema, mas os mineradores que trabalhavam no local não foram afetados. No entanto, o Russia Today fez um documentário sobre o mistério da cidade e reportou que foram encontrados níveis radioativos 16 vezes maiores que o esperado da mina fechada. Outras causas apontadas pelos moradores são o lixo tóxico que vem sendo lançado na cidade, além de fumaças tóxicas pelo urânio do local. Moradores da cidade têm medo de ficarem doentes e, até mesmo, de não acordarem depois de alguma crise. Segundo alguns doentes, a crise de sono vem “do nada” em intervalos diferentes. E o mistério continua. (JB)

O STF (Supremo Tribunal Federal), a instância mais alta do Poder Judiciário brasileiro, julga casos de grande repercussão no país, como escândalos de corrupção, mas, às vezes, também tem de decidir o destino de "ladrões de galinha". É o que deve acontecer nesta quarta-feira (17). Em meio a processos mais complexos, os ministros que mandaram até políticos para a cadeia examinarão os casos de um réu condenado por furtar um par de sandálias, outro que tentou furtar bombons e uma condenada por furtar sabonete líquido. Sem recursos para contratar advogados, os três réus são representados pela Defensoria Pública. O órgão ingressou no STF para tentar anular as penas e obter a absolvição dos condenados. O pedido é que o princípio da insignificância seja adotado nos três casos. A aceitação da tese pelo Supremo significaria, na prática, que não houve crime em nenhum dos casos. O princípio vem sendo aplicado para furtos simples praticados por réus primários -- em maio deste ano, o Supremo arquivou a ação contra um ladrão de galinha --, mas esta não é a situação dos três condenados em questão. Caso a caso Há cinco anos, em 11 de dezembro de 2009, José Robson Alves, à época com 33 anos, furtou um par de sandálias de borracha no valor de R$ 16 em uma loja de Alfenas, no sul de Minas Gerais. Detido, ele devolveu a mercadoria. Apesar disso e do baixo valor do produto furtado, foi condenado a um ano de reclusão, com regime inicial semiaberto, e ao pagamento de uma multa. O serralheiro Leandro Fellipe Ferreira Souza tinha 24 anos quando tentou furtar 15 bombons caseiros, no valor total de R$ 30, de um estabelecimento comercial de Belo Horizonte em 1º de maio de 2011. O local estava fechado. Para invadi-lo, ele escalou uma grade e retirou algumas telhas. Foi condenado à pena de um ano de cadeia, em regime aberto, e ao pagamento de multa. Posteriormente, a pena foi substituída por prestação de serviços à comunidade ou a entidade pública. Meses antes, em 30 de setembro de 2010, a vendedora Jéssica Taiane Alves Pereira, que tinha 21 anos à época, furtou duas embalagens de sabonete líquido íntimo, no valor de R$ 48, de uma loja da zona norte de São Paulo. Ela foi detida em flagrante e devolveu a mercadoria, mas foi condenada a dois anos de reclusão. As condenações foram agravadas pelo fato de os três não serem réus primários. Todos já tinham praticado outros furtos. Os casos de Souza e Jéssica foram tratados como furtos qualificados. Ou seja, foram agravados porque o primeiro rompeu obstáculos para praticar o ato e a segunda teve a ajuda de um comparsa, que atrapalhou a visão dos funcionários da loja. 

Jurisprudência

Os três casos chegaram ao STF porque o princípio da insignificância foi rejeitado pelos tribunais de Minas e São Paulo e pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça). "O fato de ser reincidente ou do furto ser qualificado não altera a natureza de pouca ofensividade da conduta e o valor ínfimo dos bens subtraídos", afirma o defensor público Rafael Muneratti, que cuida do caso de Jéssica. "Os objetos foram devolvidos. Não houve prejuízo ao estabelecimento." Para o defensor público, é necessário adotar o princípio da insignificância para não tratar de forma desigual pessoas que cometem o mesmo tipo de ato. "O que importa é o fato, e não o passado da pessoa", acrescenta o defensor público João Alberto Franco, que acompanha os processos de Alves e Souza. Em sua opinião, os atos praticados pelos dois réus de Minas Gerais não deveriam ser considerados criminosos. Se o Supremo Tribunal Federal decidir a favor dos três réus, as penas serão anuladas e estará criada uma jurisprudência que tende a diminuir a quantidade de casos semelhantes a estes que chegam à Corte. "O STF está atulhado. Tem processos além do que pode [dar conta]", diz Franco. O ministro Roberto Barroso é o relator dos três casos e, na semana passada, votou favoravelmente à adoção do princípio da insignificância em todos. Na sessão desta quarta, os outros nove ministros deverão votar. Em caso de empate, prevalece o benefício aos réus.

gilka_badaro

A prefeita de Itajuípe, Gilka Badaró (PSB) não enviou para o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), as folhas de pagamento dos meses de setembro a dezembro do ano de 2013. Mas apenas de janeiro a agosto de 2013 a prefeita receber o valor de R$112.341,76 referentes a salários, sendo que o salário da prefeita é de R$14.042,72, que em um ano passa dos R$ 168 mil. O TCM não informou qual o valor que a prefeita recebeu de diárias, sendo que pelo fato da alcaide viajar sempre para capital, esse valor no ano deve ser expressivo.


O primeiro-ministro do Paquistão, Nawaz Sharif, suspendeu nesta quarta-feira uma moratória sobre a pena de morte, um dia depois do ataque do Talibã a uma escola, que matou 132 alunos e 9 professores, disse um porta-voz do governo. O país começou nesta quarta os três dias de luto pela morte das 141 pessoas no ataque à escola na cidade de Peshawar, ao noroeste. Os sete terroristas que participaram do ataque também morreram, mas suas mortes não foram computadas no número oficial divulgado pelas autoridades. O atentado também deixou mais de 120 pessoas feridas, muitas com gravidade. O ataque à escola administrada por militares, onde estudavam mais de 1.100 alunos, muitos deles filhos de membros do Exército, atingiu o coração da sociedade militar do Paquistão. A tragédia deixou o país em choque e aumentou a pressão sobre o governo para que se mobilize contra a insurgência do Talibã no Paquistão. "Foi decidido que a moratória sobre a pena de morte deve ser suspensa. O primeiro-ministro aprovou", disse o porta-voz do governo Mohiuddin Wan, referindo-se à aprovação dada por Sharif, à decisão do comitê ministerial. A moratória foi imposta em 2008 e somente uma pessoa foi executada desde então. Com a suspensão, a pena de morte volta a fazer parte do rol de condenações do sistema judiciário paquistanês. (Reuters)

As fortes chuvas que vêm caindo na região, criou uma enorme cratera, destruindo um trecho da rodovia BA-001. O local está interditado. Técnicos do Derba ainda não apareceram para acompanhar a situação.

Nessa terça feira 16/12, presenciamos uma cena preocupante. Uma paciente estava nervosa pelo atendimento na secretaria de Saúde deste município. Uma senhora chamada Cristina desabafou gritando e esperneando em busca de uma passagem para ir a Salvador para tratar da saúde da mesma. Com ajuda de prepostos da saúde que ali se encontravam, como CEILMA e SARA que tentaram ajudar e nada era resolvido, em virtude do nervosismo da paciente. Em conversa com ela, me disse: “Todo dia venho aqui e muita gente vira a cara para mim. Fico desesperada porque ninguém me atende, parece que são donos daqui”. Foi o que disse Dona Cristina a nossa reportagem.  Fiquei ali, presenciando aquele momento de aflição da paciente. De repente, aparece a Secretária de Saúde, senhora Alessandra Lopes, e se depara com aquela aflição. E sabendo do problema, resolve o assunto na mais transparência e agilidade. Sabemos quem trabalha lá não tem o poder da secretária, mas o tratamento dispensado aos pacientes é fundamental. Estamos de olho nos assuntos desse município!


Em reportagem ao nosso blog, a secretária de Saúde ALESSANDRA LOPES disse a nossa equipe que um veículo já estava indo a Salvador levando pacientes e ela, a senhora CRISTINA, já se encontrava na relação dos passageiros, mas ela resolveu ir de ônibus comercial. Nós atenderemos ao desejo dela, compraremos a passagem e daremos a ela para ir à capital, onde irá fazer exames médicos. Estamos realmente passando por dificuldades, mas esses problemas se estiverem de acordo com as regras da saúde, resolvemos com o maior prazer. Relatou a Secretária de Saúde.

unnamed-5
Itabuna – Nesta terça-feira (16) o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Ulysses Maynard Salgado, concedeu uma liminar suspendendo a eleição da mesa diretora da câmara de vereadores de Itabuna. O magistrado deu o prazo de 24 horas, para a mesa diretora da câmara apresente a sua defesa sobre a ação movida pelo vereador Ruy Machado (PTB). O juiz Ulysses Maynard deverá tomar uma posição ainda no mês de dezembro, por isso ele deverá ter acesso aos argumentos da defesa e poderá tomar uma decisão ainda nesta quarta-feira (17).Alguns advogados acreditam que essa liminar suspendendo a eleição, o magistrado deu a oportunidade do contraditório, pois por ser um mandado de segurança, ele poderia anular a eleição sem ouvir a câmara, informa o site Político do Sul da Bahia.

O governador Jaques Wagner voltou a criticar duramente a possibilidade de reeleição do deputado Marcelo Nilo (PDT) - seu aliado político - para mais um mandato (o quinto) de presidente da Assembleia Legislativa do Estado. Nilo disse que respeita a opinião do amigo, mas vai disputar o cargo novamente.A eleição ocorre em fevereiro e o deputado pedetista já costurou maioria de apoios dos colegas para disputar como favorito. A eleição é decidida por voto secreto dos 63 deputados estaduais."Nenhum outro poder tem condução infinita. O STF não tem, o STJ não tem. Estou à vontade, pois Marcelo Nilo é meu amigo de sangue, mas ele tem uma opinião e eu tenho outra", disse o governador que se posicionou "totalmente contrário" à nova recondução do presidente da Assembleia."Não acho que isso ajude o Poder Legislativo, agora tem que perguntar aos partidos políticos, inclusive os da oposição", declarou Wagner achando que "nessa hora todo mundo fica fazendo de bonito".

Mensagem do Vice Prefeito Juninho

Mensagem do Vice Prefeito Juninho
Que possamos aquecer os nossos corações com o clima de natal e transmitir esse amor a todos que nos rodeiam!!! Feliz Natal e Próspero Ano Novo, a você e toda sua família

Mensagem do Vereador Luciano Sacolão!!

Mensagem do Vereador Luciano Sacolão!!
Tenhamos força e tranquilidade para enfrentarmos as tormentas que hão de vir e que os sentimentos de coragem, superação e justiça possam estar presentes em nossos novos dias!!!Feliz Natal e Próspero Ano Novo, a você e toda sua família.

Mensagem do Vereador Wagner Moto Taxi!!

Mensagem do Vereador Wagner Moto Taxi!!
Quisera Senhor, neste Natal armar uma árvore dentro do meu coração e nela pendurar, em vez de presentes os nomes de todos os meus amigos. !!Um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de paz e amor!

Mensagem do Vereador Gildásio Gonzaga

Mensagem do Vereador Gildásio Gonzaga
E só para lembrar: comer é bom, cantar é bom, dar e receber presentes é bom... mas Jesus é o único Caminho que conduz ao Pai a oração é a única coisa que nos aproxima e nos torna acessíveis a Deus. Feliz Natal e um Ano Novo repleto de alegria!!

Mensagem do Vereador Bico Fino

Mensagem do Vereador Bico Fino
Que seu maior amigo seja sempre Ele, Jesus. Que Deus te abençoe neste natal e por toda a tua vida, te dando paz saúde e coragem para seguires adiante e alcançares tudo que almejas !!! Um feliz Natal e Ano Novo!

Cosme Araujo

Cosme Araujo

MENSAGEM DO VEREADOR LUCIANO SACOLÃO!

MENSAGEM DO VEREADOR LUCIANO SACOLÃO!

JEQUITIBÁ TRANSPORTES!

UBLA MAIS PROMOTORA DE VENDA

UBLA MAIS PROMOTORA DE VENDA
AGORA COM ÔNIBUS COM DESTINO A BRUSQUE TODO MÊS

VISITE - NOS ESTAMOS TE ESPERANDO!

VISITE - NOS ESTAMOS TE ESPERANDO!
LOGOS BIJOUTERIAS!! HÓ GLORIA!!!

LEOCELL EXCELÊNCIA EM CELULARES!

LEOCELL EXCELÊNCIA EM CELULARES!

Prefeitura Municipal de Buerarema

Prefeitura Municipal de Buerarema

Papelaria Logos

Papelaria Logos

A Magia do Som

A Magia do Som

Ultimas Noticias