24 de fev de 2016

Policiais civis são presos acusados de extorquir comerciantes

Três investigadores da Polícia Civil estão presos acusados de extorsão através de sequestro em Salvador. Luís Ignácio Spínola, 45 anos, José Manoel Almeida Rocha Lyra, 47, e Renê Ramos Filho, 49, são lotados na 10ª Delegacia (Pau da Lima) e foram detidos depois de denúncia feita à Corregedoria da Polícia Civil (Correpol) por um grupo de comerciantes.O trio teve prisão preventiva de 30 dias decretada e durante o período ficarão na carceragem da Correpol, no Rio Vermelho, onde estão desde a semana passada. Um inquérito vai apurar os crimes pelos quais eles são investigados.Comerciantes procuraram a corregedoria para acusar os três policiais de retirarem dinheiro que eles conseguiam vendendo cestas básicas. Eles negociavam as cestas em vários bairros, incluindo Pau da Lima e São Marcos.De acordo com a denúncia, os policiais os abordavam, mandavam que entrassem na viatura da 10ª DT e exigiam o dinheiro e cestas básicas, ameaçando com investigação e confisco de mercadorias.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :