14 de abr de 2016

Medeiros Neto: Polícia Federal prende 02 filhos do prefeito

IMG-20160308-WA0009
Nilson Vilas Boas Costa Júnior e Rogério Costa, filhos do prefeito de Medeiros Neto. (O Povo News)
A prisão, consiste na 2ª fase da “Operação Hera”, que prendeu no último dia 08 de março, a Secretária de Educação Aleni Brito Lacerda e Ranieri Santos Lima. Segundo informações iniciais, as prisões seriam justificadas pelo fato dos acusados estarem ameaçando testemunhas, que que prestaram depoimentos junto ao Ministério Público Estadual e Federal, a mentir sobre o desvio de verba do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica). Os agentes, estavam descaracterizados ( a paisana) O esquema criminoso, consistia em desviar verbas públicas, oriundas da União, onde os contracheques de funcionários da educação , recebiam um valor a mais, descrito como “Demais vantagens”, e posteriormente devolviam o valor para o município. Em alguns contracheques, o valor da verba adicional, é maior que o próprio salário do servidor. Segundo informações, o filho do prefeito, que também era Secretário de Administração à época, Nilson Vilas Boas Costa Júnior, determinou para que a chefe do departamento pessoal, e responsável pela alimentação do sistema de folha de pagamento, que a mesma inserisse nos holerites de alguns servidores da educação mais próximos do prefeito, um valor a mais em dinheiro, identificado no contracheque como ” Demais Vantagens” que posteriormente era sacado pelo servidor e devolvido a Secretária de Educação Aleni Brito Lacerda. O valor era rateado entre a secretaria de educação e com o filho do prefeito, Nilson Costa Júnior.Nenhum projeto na Câmara de Vereadores foi criado, ou autorizado pelos Edis para que fosse concedida a gratificação. O esquema, envolvia cerca de 80 funcionários e segundo informações, envolve uma fraude que gira em torno de R$ 150 a 200 mil reais mensais.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :