12 de ago de 2016

Ministros do TSE temem que Justiça não consiga avaliar candidaturas até eleições

Ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) temem que o novo prazo de registro de candidaturas sobrecarregue a Justiça Eleitoral e atrase a aprovação de todas as chapas. Com a minirreforma eleitoral, feita em 2015, o registro pode acontecer até 15 de agosto. Antes, a data limite era 5 de julho, o que reduz o tempo de avaliação em mais de um mês. Membros do TSE ouvidos pela coluna Expresso, da revista Época, avaliam que é possível que muitos concorrentes cheguem à eleição sem terem os registros aprovados. Para os ministros, isso pode acarretar um número recorde de eleições suplementares, que ocorrem quando os eleitos têm as candidaturas impugnadas. (Bahia Notícias)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :