5 de out de 2017

BUERAREMA: POLÍCIA ÀS VOLTAS COM ESTRANHO CASO DE ESTUPRO

 
 A delegada Divanice Dias (foto), da Polícia Civil de Itabuna, está resolvendo um caso estranho  de possível estupro ocorrido em Buerarema. Luciano Gonçalves Nascimento da Rocha, 25 anos, é acusado de ter relação sexual à força com Cleidiane dos Santos. Luciano, que é pedreiro, contou que estava em um bar, ontem (4), em Buerarema, quando Cleidiane e a mãe dela pediram cerveja. Após alguns minutos, a mãe da moça foi embora e os dois acertaram uma transa na casa dele. Segundo Luciano, a relação foi consensual, mas Cleidiane nega. Diz que foi forçada a transar com ele e ainda levou dois tapas. Mas o estranho do caso, vem em seguida. Depois da relação sexual, a mulher começou a sangrar muito, com rompimento vaginal. Luciano levou Cleidiane para o pronto socorro de Buerarema. Como o caso era muito grave, ele foi orientado a trazer a mulher para o Hospital de Base de Itabuna. Lá, os médicos constaram indícios de violência contra Cleidiane e acionaram a polícia. Luciano, que está preso, argumentou que a mulher estava embriagada, daí ter apresentado a versão de estupro. “Eu dei socorro, fui homem, como houve isso aí?”, diz. O laudo médico, em um exame preliminar, constatou que ela pode ter sofrido uma laceração vaginal ou uma lesão no saco uterino. A mulher ainda prestará depoimento. Um problemão para delegada resolver
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :