4 de jun de 2018

COM ARTROSE NO JOELHO, CABRAL PEDE PARA NÃO ANDAR MAIS NA CAÇAMBA DE CARROS DA PF

 Com artrose no joelho, Cabral pede para não andar mais na caçamba de carros da PF
Preso há um ano e sete meses, o ex-governador do Rio Sergio Cabral (MDB) pediu ao juiz da 7ª Vara Federal Criminal, Marcelo Bretas, para ser transportado no banco do carro da Polícia Federal, e não na carroceria, quando for levado do complexo de Bangu até a Justiça Federal. Segundo a defesa, ele sofre de uma artrose aguda no joelho direito, e viajar na parte de trás dos veículos da PF lhe causa dor. Os advogados também sustentam que ele merece o mesmo tratamento de presos como o ex-deputado Eduardo Cunha e o ex-ministro Antônio Palocci.  "O pedido se deve não apenas à dignidade dos cargos que o requerente ocupou durante quase trinta anos de intensa vida pública, ou a alguma pretensão de tratamento privilegiado, como poderia soar a um açodado", diz o pedido
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :