23 de ago de 2018

JUSTIÇA SUÍÇA REVOGA EFEITO SUSPENSIVO E GUERRERO NÃO JOGA MAIS EM 2018

 Justiça suíça revoga efeito suspensivo e Guerrero não joga mais em 2018
A Justiça suíça revogou o efeito suspensivo concedido em maio deste ano e o atacante Guerrero terá que cumprir o restante da pena. Por ter sido o último recurso, o peruano não tem mais por onde recorrer para mudar a decisão e não poderá mais jogar em 2018. No início deste mês de agosto, o atleta assinou contrato com o Internacional por três temporadas.Guerrero foi condenado pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) a cumprir 14 meses de suspensão por doping causado por um metabólito da cocaína, em outubro de 2017, atuando pelo Peru nas eliminatórias da Copa do Mundo. Em dezembro, ele conseguiu a redução da pena junto à Fifa para seis meses, que permitiu ao peruano voltar a vestir a camisa do Flamengo em maio deste ano e liberaria o atleta de disputar o Mundial da Rússia. Em julho, Guerrero disputou a Copa pela seleção do Peru, que acabou sendo eliminada na fase de grupos. No mesmo mês, ele voltou a jogar pelo Flamengo e entrou em campo mais quatro vezes pelo Brasileirão.Guerrero foi apresentado no Inter no último dia 15. O atleta se recuperava de um problema na coxa esquerda e o Colorado planejava sua estreia para o jogo contra o Palmeiras, no domingo (26), no Beira-Rio, pelo Brasileiro. Com isso, o atacante só deverá jogar pelo time gaúcho em abril de 2019.Prevendo a possibilidade do efeito suspensivo cair, o Inter incluiu uma cláusula no contrato com Guerrero desobrigando o clube de pagar os salários enquanto a punição estivesse vigente. Porém, o vínculo deverá ser prorrogado automaticamente, ao invés de terminar em agosto de 2021, o acordo passa a valer até abril de 2022. A direção colorada ainda está analisando a questão e deve se pronunciar em breve.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :