25 de out de 2018

AURELINO LEAL: FEMINICÍDIO SEGUIDO DE SUICÍDIO

Uma tragédia aconteceu na noite desta quarta-feira (24), em Aurelino Leal. De acordo com as primeiras informações, o padeiro Givaldo de Jesus tirou a vida de sua esposa, a professora Luzinete Alves de Góes a golpes de faca e logo depois cometeu suicídio, ingerindo chumbinho. Segundo informações testemunhais, o homem ainda resistiu aos ferimentos por alguns minutos, mas acabou morrendo. A tragédia aconteceu na residência do casal, localizada à rua Ataíde Setúbal, no centro da cidade. Uma guarnição chegou ao local logo depois e encontrou a faca, suja de sangue, em cima da pia da cozinha. A polícia apurou que Givaldo era muito ciumento e vivia agredindo a esposa, que lecionava em Ubaitaba. Por conta das confusões, que sempre terminavam em agressões, o casal chegou a se separar, mas por insistência dele, ambos acabaram voltando. O casal deixou dois filhos. (Ubaitaba Urgente)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :