22 de fev de 2019

MILITARES VENEZUELANOS MATAM 2 INDÍGENAS NA DIVISA COM BRASIL

 
Militares venezuelanos dispararam contra um bloqueio realizado por um grupo de indígenas de etnia Pemon, em Gran Sabana, perto da fronteira com o Brasil, informaram nesta sexta-feira (22) fontes locais. Há relatos de dois morto e 11 feridos. O grupo indígena vive no povoado de Kumarakapay, na região de Gran Sabana, estado de Bolívar, no sul da Venezuela. O confronto com os militares venezuelanos começou porque os índios defendiam a entrada da ajuda humanitária internacional. A Venezuela deveria receber doações de alimentos e remédios, enviados por vários países, mas o governo de Nicolás Maduro impede que as missões internacionais entrem no país. Ele ordenou ontem (21) o fechamento da fronteira com o Brasil. (Ansa)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :