19 de mar de 2019

EX-GOVERNADOR DO PARANÁ, BETO RICHA É PRESO PELA 3ª VEZ

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) voltou a ser preso na manhã desta terça-feira (19) em Curitiba. A prisão, que é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado, foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). A suspeita contra Beto Richa é de corrupção e obstrução de Justiça. Ele foi preso no apartamento onde mora. Esta é a terceira vez que Beto Richa é preso. Esta ação é um desdobramento da Operação Quadro Negro, de acordo com o coordenador do Gaeco, Leonir Batisti. Além do ex-governador, foram presos o ex-secretário especial de Cerimonial e Relações Exteriores do Paraná, Ezequias Moreira, e o empresário Jorge Atherino, tido como operador financeiro de Richa. As prisões ocorrem após a delação premiada do empresário Eduardo Lopes de Souza, que afirmou que o ex-secretário arrecadou dinheiro desviado da reforma e construção de escolas no Paraná para a campanha de reeleição de Richa ao governo. Também são cumpridos mandados de busca e apreensão em Caiobá, no litoral do Paraná, e Porto Belo, em Santa Catarina, ambos em imóveis pertencentes à família do ex-governador. O tucano já foi detido outras duas vezes: em setembro, na Operação Rádio Patrulha, quando permaneceu preso por quatro dias, e em janeiro, na Operação Integração – braço da Lava Jato, quando ficou sete dias na prisão. (G1)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :