4 de abr de 2019

GENERAL DIZ QUE STF PODE FAZER ‘SANGUE CORRER NAS RUAS’

 
Voltada para membros das Forças Armadas, a revista do Clube Militar publicou uma série de artigos em que critica ferozmente o Supremo Tribunal Federal. Assinado pelo General Eduardo José Barbosa, presidente do Clube Militar, um artigo sob o título “Ditadura da toga?” questiona o ministro Dias Toffoli por ter determinado a abertura de inquérito para investigar ameaças ao Supremo e aos familiares dos ministros. Segundo o General Barbosa, somente em ditaduras acontecem investigações deste tipo. Outro artigo, desta vez assinado pelo General Luiz Eduardo Rocha Paiva, da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), diz que “a nação tem que se salvar a si mesma, sem a tutela das Forças Armadas, que só tomarão a iniciativa diante de um quadro de grave violência, caos social, falência e perda de autoridade dos Poderes Constitucionais”. E prossegue: “Ou seja, em um cenário de anomia a colocar em risco a paz social, a unidade política e a soberania do Estado”. O General Rocha Paiva termina seu texto com a seguinte frase: “Não querem que o sangue corra pelas ruas? Então mãos à obra”. (Veja)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :