6 de jun de 2019

MULHER É CONDENADA A 48 ANOS POR ENVENENAR 4 PESSOAS COM DOCE DE LEITE

 
A mulher suspeita de envenenar quatro pessoas da mesma família, sendo que uma delas morreu, com uma substância popularmente conhecido como “chumbinho” no município de Saúde, no norte da Bahia, foi condenada a 48 anos de prisão, em júri popular realizado no fórum da cidade, na terça-feira (4).Conforme o Ministério Público (MP), a vítima que morreu foi um homem de 47 anos. Ele ingeriu o veneno em um doce de leite oferecido pela suspeita, que foi identificada como Rosa Maria Dantas Melo. Na ocasião, Celson Alves da Silva estava com a mulher e dois filhos. Todos ingeriram o doce com o veneno. O órgão informou que Rosa Maria Dantas Melo nega o crime. O crime aconteceu em junho de 2017 e a mulher estava presa desde dezembro do mesmo ano, quando teve a prisão temporária decretada. A preventiva foi decretada no dia 18 de janeiro de 2018. Segundo o Tribunal de Justiça (TJ-BA), Rosa Maria foi condenada pela prática de homicídio e tentativa de homicídio com emprego de veneno e dissimulação ou recurso que dificultou a defesa das vítimas. A mulher está na cadeia pública do município e deve ser encaminhada para o Presídio de Juazeiro. Conforme a denúncia do Ministério Público, o crime ocorreu no dia 20 de junho de 2017, após Rosa Maria insistir para que Celson Alves da Silva, que morreu, a mulher dele e os dois filhos do casal irem até a residência dela, onde ela ofereceu o doce de leite envenenado. O MP afirmou que as investigações apontam, ainda, que Rosa já havia tentado matar Celson e a mulher dele em outra oportunidade, quando colocou “chumbinho” ao vinho servido ao casal. Eles sobreviveram por terem ingerido pouca quantidade e logo passado mal, expelindo todo o conteúdo. (G1)
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :