17 de out. de 2019

PROJETO DE LEI PRETENDE CRIMINALIZAR MÚSICAS COM ‘CONTEÚDO IMPRÓPRIO’

Deputado federal pelo PSL mineiro, Charlles Evangelista apresentou um projeto de lei para tipificar como crime “qualquer estilo musical que contenha expressões pejorativas ou ofensivas”, que estimulem uso e tráfico de drogas e armas, pornografia, pedofilia ou estupro, ofensas à imagem da mulher e o ódio à polícia.Segundo o parlamentar, a proposta se baseia no fato de haver um grande desrespeito a moral pública, com reprodução de canções que contêm expressões pejorativas ou ofensivas em ambientes públicos.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :