28 de nov. de 2019

HOMEM MORREU VÍTIMA DA QUEDA DE ÁRVORE EM CAMACAN

Maxuel Dantas dos Santos, 44 anos, morreu vítima da ventania que soprou fortemente no último domingo, (24), no município de Camacan. Ele estava na Fazenda Esperança, onde trabalhava, quando foi a uma roça de cacau, apanhar lenha. Segundo o irmão da vítima, Gilvan Dantas dos Santos, (Gil), uma árvore caiu sobre Maxuel e ele morreu momentos após ser atingido. Ele teria saído de casa, por volta das 14 horas, momentos que antecederam o vendaval. Quando percebeu que o marido não chegava da roça, sua esposa começou se preocupar e perceber que algo sério estava acontecendo. Ainda segundo o irmão da vítima, ao ver o marido demorar, a esposa de Maxuel, e alguns vizinhos, foram a sua procura. Nas buscas, o corpo só foi encontrado na segunda-feira (25), por volta das 11 horas. A princípio a desconfiança era que ele poderia ter sido atingido pela queda de um raio, mas esta possibilidade foi afastada, pois quando o resgate chegou, a árvore estava sobre o corpo desde a tarde anterior. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado e o corpo levado para necropsia e sepultado na tarde desta terça-feira (26). A fazenda onde ele trabalhava, é de propriedade da ex-prefeita Debóra Borges, que foi comunicada sobre a tragédia. A ventania carregada de fortes chuvas, ultrapassou os 100 quilômetros por hora, causando destruição na sede do município e distritos. Maxuel deixou esposa e uma filha de 20 anos.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :