15 de jan. de 2020

PADRE É PRESO EM FLAGRANTE POR ESTUPRAR MENINO DE 14 ANOS EM BANHEIRO DE SHOPPING EM GUARUJÁ

Padre Anderson de Moraes Domingues, de 43 anos, preso em flagrante por estupro
Um padre foi preso em flagrante por estuprar um menino de 14 anos e tentar abusar de outro, de 13, dentro do banheiro do Shopping La Plage, na Praia de Pitangueiras, em Guarujá, na segunda-feira (9) à noite. Os meninos disseram que vendiam balas na rua e o acusado lhes ofereceu “milkshake”. Apesar de não conhecê-lo, os garotos aceitaram e o acompanharam ao La Plage. O padre atua em uma paróquia no extremo da Zona Sul da Capital.Desconfiada das reais intenções do padre Anderson de Moraes Domingues, de 43 anos, a vítima mais nova alertou dois seguranças do shopping. Segundo os funcionários, este menino disse que o acusado prometeu pagar “lanche” em troca de favores sexuais.Um dos seguranças afirmou que viu pela abertura da porta o padre com a calça abaixada. À força, o acusado agarrava o garoto de 14 anos e encostava o seu órgão genital nas nádegas do menino, que também se encontrava despido.Com a intervenção dos seguranças, esta vítima conseguiu fugir da cabine pelo vão. O padre continuou dentro dela e os funcionários do La Plage arrombaram a porta para prender o padre. O menino de 13 anos estava na parte externa do banheiro e só entrou com a chegada dos seguranças.Policiais militares foram acionados e conduziram o acusado à Delegacia Sede de Guarujá. O delegado Caio Azevedo de Menezes autuou Anderson pelos crimes de estupro e de favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de vulnerável.Anderson foi recolhido à cadeia anexa ao 1º DP de Guarujá. Durante a autuação em flagrante, o padre foi assistido pelo advogado Gilmar José Mathias do Prado. O defensor disse para A Tribuna que o cliente invocou o direito constitucional de apenas se manifestar perante um juiz.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :