23 de set. de 2020

COM CASOS CONFIRMADOS EM NOVO HORIZONTE, BAHIA TEM REGISTRO DA COVID-19 EM TODOS OS 417 MUNICÍPIOS DO ESTADO

 

Todos os 417 municípios do estado da Bahia registram, agora, pacientes com a Covid-19, conforme o boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nesta terça-feira (22). O avanço total da doença no estado ocorreu seis meses e 16 dias após o primeiro caso do novo coronavírus ser registrado em Feira de Santana.Até a segunda-feira (21), o boletim da Sesab tinha o registro da Covid-19 em 416 municípios. Só a cidade de Novo Horizonte, que fica na região da Chapada Diamantina, não tinha casos da doença.Nesta terça, no entanto, foi divulgado que o município tem dois casos da Covid-19 confirmados. Os pacientes são uma mulher de 36 anos e um garoto de 11, mãe e filho, que estão assintomáticos. Além dos dois, a família é composta por mais duas pessoas: o marido e um outro filho da mulher, que testou positivo.Conforme Aílton Alexandre, secretário da Saúde da cidade, a família é natural de Novo Horizonte, mas morava em São Paulo. Eles resolveram voltar para Bahia após perderem os empregos no sudeste. Dias antes do retorno, no entanto, o homem teve a confirmação para a Covid-19 ainda em São Paulo."A família teve sintomas lá em São Paulo. O homem foi para um posto por causa dos sintomas. Primeiro, ele fez o teste rápido. Mas, então, pediram para fazer o PCR. Ele realizou. Como ele estava seguro que o teste, o primeiro, deu negativo, ele mandou todas as coisas que estavam com ele para a casa dele, no povoado de Novo Horizonte. Apesar disso, já quando eles estavam para vir, o resultado do homem deu positivo. A orientação que ele recebeu, na época, foi que, caso viajasse, avisasse sobre o resultado para a secretaria local. Como ele não tinha mais nada lá, já tinha mandado tudo, ele veio", contou o secretário. Ainda de acordo com Aílton Alexandre, o homem comunicou sobre o teste positivo assim que chegou, no dia 31 de agosto.“Ele acionou o serviço de saúde e passou todos os detalhes. Ele estava assintomático. Ele cumpriu 17 dias de isolamento. No 17ª dia fizemos o teste rápido de toda a família. E todos deram negativo. Além do rápido, fizemos o PCR, e eles continuaram em isolamento. Todos assintomáticos e sem febre. Hoje, eles já têm 23 dias de isolamento", disse o secretário. No entanto, ainda segundo o secretário, o resultado dos testes do tipo RT-PCR (que coleta material genético das mucosas do nariz e boca), que foram feitos em toda a família, saiu na segunda. O homem, que veio de SP com a doença, teve o resultado negativo para a Covid-19, mas a esposa dele e o filho mais novo testaram positivo. Conforme Márcia São Pedro, diretora estadual da Vigilância Epidemiológica, o avanço da doença no estado já era esperado, por causa do fluxo e deslocamentos feitos pelas pessoas.“Era esperado, sim, que acontecesse nos 417 municípios. Estamos em uma pandemia, temos uma circulação grande de pessoas. Precisamos lembrar que no momento em que houve o fechamento do comércio muitas pessoas ficaram desempregadas, e precisam retornar para o interior. Outras pessoas que foram diagnosticas precisaram fazer o isolamento. Mas o isolamento não foi feito na capital. Muitas pessoas se deslocaram para o interior para ficar com as famílias. Com isso, a gente aumenta a transmissão e fluxo”, disse Márcia.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :