27 de jan. de 2021

ADVOGADO SUSPEITO DE MATAR BARBEIRO EM BAR DE SALVADOR SE APRESENTA À POLÍCIA



O advogado José Geraldo Lucas Júnior se apresentou à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Salvador, no final da manhã desta quarta-feira (27) para ser preso. Ele é suspeito de matar o barbeiro Lucas Souza de Araújo a tiros (lembrar), dentro de um bar no bairro do Imbuí, no domingo (24). Na terça-feira (26), a Justiça determinou a prisão temporária dele. Durante a chegada de José Geraldo na delegacia houve tumulto, porque familiares da vítima também estavam no local. O amigo do suspeito – identificado apenas pelo prenome “Jean” – também se apresentou ao DHPP para ter a prisão temporária cumprida. Um dos dois suspeitos estava coberto com um pano e foi acompanhado de um homem, que aparentava fazer a segurança. Houve correria no estacionamento do DHPP. A esposa da vítima chegou a desmaiar, quando os suspeitos chegaram ao local. A cunhada da vítima, que o considerava um irmão e também estava no bar no momento do assassinato, foi pediu Justiça. “Esse desgraçado tem que estar na cadeia. Ele destruiu todo mundo, ele me destruiu. A gente viu ele matar. Ele foi frio. Eu estava na hora. Ele é frio e calculista. Saiu do lugar e foi até o meu irmão, meu cunhado. Ele foi atrás da gente para poder matar. A gente não estava armado. Ele deu três tiros no meu cunhado. Ele deu em cima [assediou] de mim, ele deu em cima da minha cunhada [esposa da vítima] que está passando mal. A gente não vive mais”.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :