5 de fev. de 2021

CASOS DA DOENÇA DE HAFF TÊM CRESCIMENTO DE 206% NA BAHIA

 O número de casos da doença de Haff, também conhecida como a “doença da urina preta”, teve um crescimento 206% na Bahia, de acordo com dados da Secretaria de Saúde do estado. Neste mês, o órgão contabiliza 40 casos da doença, enquanto 19 casos haviam sido registrados até novembro do ano passado. Outros dois casos suspeitos foram notificados durante esta semana e estão em investigação. A doença de Haff é geralmente associada ao consumo do peixe olho de boi. No entanto, em 25% dos casos atuais, a Sesab não conseguiu comprovar a espécie que provocou a doença.As causas da infecção ainda são pouco conhecidas. A doença de Haff é uma síndrome de rabdomiólise (ruptura de células musculares) sem explicação, e se caracteriza por ocorrência súbita de extrema dor e rigidez muscular, dor torácica.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :