26 de mai. de 2021

MULHER DENUNCIA PROFESSOR POR ESTUPRO EM COLÉGIO NA BA: 'ROUBOU INOCÊNCIA DA MINHA FILHA'

 Uma mulher denunciou um professor da Escola Adventista de Paripe, em Salvador, por estupro de vulnerável. Segundo ela, a filha foi abusada quando tinha 10 anos, assim que chegou na instituição de ensino, no ano de 2016. "Roubou a inocência da minha filha", disse em entrevista ao G1. De acordo com a escola, o suspeito nega todas as acusações.O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) requisitou no dia 16 de fevereiro a instauração de um inquérito policial à Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra à Criança e o Adolescente (Dercca). O inquérito foi encaminhado ao MP-BA e será distribuído a um promotor de Justiça criminal para a devida avaliação das conclusões e apurações policiais. O MP-BA também informou que apura, na esfera não criminal, a violação de direito à educação, em razão de suposto abuso sexual físico e psíquico, por meio de procedimento instaurado no dia 14 abril, prorrogado no dia 13 de maio, e solicitou mais informações à denunciante e à unidade escolar.Em nota, a Escola Adventista de Paripe informou que apura os fatos relativos à denúncia de assédio envolvendo um funcionário. A instituição disse que afastou o professor suspeito após comunicação detalhada da parte da mãe da vítima e, posteriormente, realizou a demissão dele. A escola não informou quando ocorreu a demissão do suspeito.A instituição também informou que colabora com as autoridades policiais. O colégio ainda disse que é contra qualquer tipo de abuso e que se posiciona veementemente contra agressões dessa natureza.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :