4 de mai. de 2021

POLÍCIA PRENDE TETRAPLÉGICO SUSPEITO DE FINGIR SER PAI DE SANTO PARA APLICAR GOLPES EM TODO O BRASIL


Uma operação da Polícia Civil do Piauí prendeu suspeitos de integrar um grupo criminoso que aplicava golpes pela internet, com vítimas em todos os estados do Brasil. O líder da organização, segundo a polícia, seria um homem que é tetraplégico, conhecido como Branco, suspeito de se passar por um pai de santo. Só em 2020 a organização aplicou mais de R$ 2 milhões em golpes. A operação “X” foi liderada pelo delegado Anchieta Nery, da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), e foi deflagrada no dia 30 de abril na cidade de Teresina, com o cumprimento de três mandados de prisão temporária, contra a mãe, o irmão e o tio de "Branco". Todos atuavam na organização criminosa, segundo o delegado. Como o suspeito de liderar os crimes é tetraplégico, ele não foi preso, mas foi determinada medida cautelar que proíbe que o homem entre em contato com as vítimas e proíbe ele de manter contas em redes sociais. A Polícia Civil ainda deu cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão, além do sequestro de bens obtidos por meio de crime, como imóveis, veículos e ativos financeiros.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :