5 de ago. de 2021

MULHER EM COMA HÁ 21 ANOS PODE SER MENINA DESAPARECIDA QUANDO PASSAVA FÉRIAS

 

Uma mulher internada em estado de coma há quase 21 anos pode ter sido uma criança desaparecida em 1976, em Guarapari, no Espírito Santo. Apelidada de Clarinha, ela está em um leito do Hospital da Polícia Militar de Vitória desde que foi atropelada por um ônibus, em 2000. Clarinha deu entrada na unidade de saúde sem documentos pessoais. Várias formas de identificar a paciente foram tentadas durante as últimas duas décadas, todas sem sucesso. Mas, no ano passado, novos exames fizeram aumentar a expectativa pela descoberta da identidade da mulher.Um grupo de papiloscopistas da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) em atuação no Espírito Santo tomou conhecimento do caso e entrou em contato com o Ministério Público do Espírito Santo (MPES), que vinha atuando na tentativa de descobrir quem é Clarinha.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :