29 de dez. de 2021

GOVERNO FEDERAL RECONHECE A SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM ITABUNA E MAIS MAIS 85 CIDADES BAIANAS

 

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu a situação de emergência de 86 municípios baianos afetados pelas fortes chuvas que atingem o estado. A Portaria com todos os municípios que obtiveram o status foi publicada na edição de terça-feira (28) do Diário Oficial da União.Com o reconhecimento federal, os municípios atingidos por desastres naturais podem solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados pelo desastre. Até o momento, cerca de R$ 19 milhões já foram disponibilizados pela Defesa Civil Nacional para ações de resposta ao desastre natural e reconstrução de infraestrutura danificada. Toda liberação de recursos ocorre após a apresentação do Plano de Trabalho dos municípios. A ida das equipes da Defesa Civil Nacional para a Bahia tem o propósito de ajudar, também, nesse processo.

Municípios que tiveram o reconhecimento federal de situação de emergência:

Anagé, Angical, Arataca, Aurelino Leal, Barra do Choça, Barra do Rocha, Belo Campo, Brejões, Brejolândia, Buerarema, Caatiba, Cachoeira, Cetanos, Camacan, Camamu, Canavieiras, Caturama, Coaraci, Cotegipe, Cravolândia, Dário Meira, Dom Basílio, Esplanada, Feira de Santana, Firmino Alves, Floresta Azul, Gandu, Gongogi, Governador Mangabeira, Ibicaraí, Ibicuí, Ibipeba, Ibirapitanga, Ibirataia, Ibitiara, Igrapiúna, Iguaí, Ipiaú, Itabuna, Itaeté, Itaju do Colônia, Itapé, Itapetinga, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itororó, Ituberá, Jequié, Jitaúna, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Livramento de Nossa Senhora, Manoel Vitorino, Marcionílio Souza, Milagres, Nazaré, Nilo Peçanha, Nova Canaã, Pau Brasil, Piraí do Norte, Poções, Potiraguá, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Maria da Vitória, Santanópolis, São Félix, Sapeaçu, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Taperoá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uruçuca, Valença, Vitória da Conquista, Wanderley e Wenceslau Guimarães.

Cidades que já contavam com reconhecimento federal de situação de emergência:

Alcobaça, Baixa Grande, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Camacan, Caravelas, Encruzilhada, Eunápolis, Guaratinga, Ibicuí, Ibirapuã, Ilhéus, Itabela, Itaberaba, Itacaré, Itagimirim, Itajuípe, Itamaraju, Itambé, Itanhém, Itapebi, Itarantim, Jaguaquara, Jiquiriçá, Jucuruçu, Lajedão, Macarani, Mutuípe, Mascote, Medeiros Neto, Mucuri, Mucugê, Mundo Novo, Nova Viçosa, Porto Seguro, Prado, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas, Teolândia e Vereda.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :