26 de fev. de 2019

POLICIAIS CIVIS AMEAÇAM PARALISAÇÃO POR FALTA DE PAGAMENTO DE HORAS EXTRAS

Policiais civis da Bahia ameaçam paralisar suas atividades devido à falta de pagamento dos plantões extraordinários realizados pela categoria desde o mês de dezembro de 2018. Segundo informações dos próprios policiais, devido à falta de efetivo, bem como o aumento da demanda durante o verão, são elaboradas escalas de plantões extraordinários visando garantir a ordem e o atendimento ao público. Contudo, esses plantões têm ocorrido desde o mês de dezembro sem que os valores sejam pagos aos policiais.Desde o dia 28 de dezembro, quando iniciou-se a “Operação Réveillon”, os policiais civis têm trabalhado em turnos extras,  diurnos e noturnos. Além disso, em todo o mês de janeiro, assim como em fevereiro, a categoria reclama que têm ocorrido plantões extraordinários em várias delegacias nos finais de semana, durante o dia e também à noite. Entretanto, esses plantões, como são escalas extraordinárias, devem ser pagos aos policiais como “hora extra”, o que não tem ocorrido desde dezembro de 2018.Os servidores ameaçam não mais cumprir as escalas extraordinárias a partir desta terça-feira (26), até que a situação venha a ser regularizada. Os policiais citam ainda que estão também escalados para os plantões de carnaval que ocorrerão na capital e também no interior. Contudo, afirmam que não comparecerão aos plantões, caso a situação não seja normaliza
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :