15 de abr de 2019

ILHÉUS: MPF DENUNCIA UM DOS ACUSADOS DE EXECUTAR ÍNDIO

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu, na última sexta-feira (12), denúncia contra Edivan Moreira da Silva (Van de Moreira), por homicídio consumado e homicídio tentado, ambos qualificados pela emboscada, o que dificulta ou impossibilita a defesa da vítima. Segundo a denúncia, Edivan Moreira foi o principal responsável por executar com 13 tiros o indígena Adenilson Silva Nascimento (Pinduca)(foto), e ferir com dois tiros sua esposa, Zenaildes Menezes Ferreira, em 1º de maio de 2015, em Ilhéus, na zona rural limítrofe com Buerarema. Além dele, participaram do crime duas outras pessoas que não foram identificadas. As investigações apontaram que o crime foi motivado por desavenças do denunciado contra indígenas, em razão de disputas por terras.Informações RBN
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :