15 de abr de 2019

STF CENSURA REVISTA QUE DENUNCIOU PRESIDENTE DA CORTE

 
Desde o fim da manhã desta segunda-feira (15), a revista Crusoé está sob censura, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. O site Antagonista também foi atingido. Moraes determinou que a Crusoé retirasse imediatamente do ar a reportagem de capa da última edição, intitulada “O amigo do amigo de meu pai”. A reportagem de que trata a decisão do ministro foi publicada com base em um documento que consta dos autos da Operação Lava Jato. Nele, o empreiteiro Marcelo Odebrecht responde a um pedido de esclarecimento feito Polícia Federal, que queria saber a identidade de um personagem que ele cita em um e-mail como “amigo do amigo de meu pai”. Odebrecht respondeu tratar-se de Dias Toffoli, conforme revelou Crusoé em sua edição de número 50, publicada na última sexta-feira. Crusoé reiterou o teor da reportagem, baseada em documento, após a decisão do ministro do STF. Lembrou, ainda, que o ministro Dias Toffoli não respondeu às perguntas que lhe foram enviadas antes da publicação da reportagem agora censurada. Leia na íntegra o texto publicado na Crusoé acerca da censura imposta pelo ministro do STF à reportagem
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :