1 de ago de 2019

JUSTIÇA CONDENA CABRAL PELA 10ª VEZ E PENA CHEGA A QUASE 216 ANOS NA 1ª INSTÂNCIA

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, condenou, nesta terça-feira, 30, o ex-governador Sérgio Cabral a mais 18 anos de prisão pelo crime de corrupção passiva. É a 10ª condenação de Cabral na primeira instância. Desta vez, ele foi julgado culpado na Operação Ratatouille, desdobramento da Lava Jato fluminense que trata do pagamento de propina no fornecimento de merenda escolar e alimentação de detentos. Com mais esta condenação, as penas de Cabral chegam a 215 anos e 11 meses de prisão. Luiz Carlos Bezerra, operador financeiro do ex-governador, também foi condenado. A pena é de 8 anos e 3 meses. O empresário do ramo alimentício Marco Antônio de Luca, dono da Masan e da Milano, também foi condenado a 32 anos
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :