20 de set de 2019

PROFESSOR É PRESO POR COMEMORAR MORTE DE PM EM REDE SOCIAL

Um professor de geografia foi preso nessa terça-feira (17) por comemorar a morte de um policial militar. Morador de Belo Horizonte (MG), Pablo Emmanuel comentou uma postagem sobre a morte de agente em Ibirité, na região metropolitana da capital do estado. As informações são do jornal O Dia. O policial morto estava em um veículo, acompanhado da família, quando dois homens passaram em uma motocicleta e começaram a atirar. “Parabéns ao menino da moto”, escreveu o docente. A polícia foi até a casa dele, no bairro Novo Tupi, em Belo Horizonte. Os agentes foram recebidos pela mãe do educador, que os levou até o quarto de Pablo Emmanuel. Demonstrando estar nervoso, o professor confirmou o comentário e recebeu voz de prisão. A mulher ainda teria pedido aos agentes para verificarem se havia algo ilícito no quarto, mas os militares não julgaram necessário. O comentário foi apagado, mas o rapaz confirmou a publicação. Ele foi preso por apologia ao crime, ou seja, por exaltar, publicamente, um fato criminoso ou o autor do crime. A pena de detenção varia de 3 a 6 meses, ou multa. Em entrevista concedida na delegacia, o professor pediu desculpas pelo comentário. “[Eu quero] pedir desculpas pelo meu erro. Tô à disposição da família, tô à disposição judicialmente também. Agora é arcar com as consequências do meu erro. Não vou tentar fugir, a postagem tá lá, né. Só deixando claro também que eu não tenho nada contra a polícia”, disse ele
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :