3 de out de 2019

DESEMBARGADORES DECIDEM MANTER ABSOLVIÇÃO DE KÁTIA VARGAS

Por dez votos a quatro, os desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decidiram manter a decisão do júri popular que absolveu a médica Kátia Vargas da acusação de ter provocado as mortes dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, de 21 e 23 anos, durante um acidente entre o carro que ela conduzia e a moto que as vítimas estavam, no dia 11 de outubro de 2013, em frente ao Ondina Apart Hotel, na Avenida Oceânica, no bairro de Ondina. A votação desta quarta-feira (2) era para decidir pela anulação ou não do júri popular que absolveu a oftalmologista, que foi realizado em 6 de dezembro de 2017. A audiência desta quarta-feira (2) foi uma continuação da última sessão, realizada no dia 4 de setembro no Tribunal Pleno do TJ-BA. Nesse dia, a sessão foi encerrada após o desembargador Nilson Castelo Branco pedir vistas do julgamento – mais tempo para analisar os autos – que vai decidir se anula ou não o júri popular da médica oftalmologista Kátia Vargas, absolvida em 2017. Na ocasião, a acusação apelou da decisão.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :