18 de dez. de 2019

BUERAREMA: LUTO, MORRE SEU VALTER ROSÁRIO

É um caminho inevitável. Temos todos, um dia ou outro, de uma forma ou de outra (e geralmente de várias formas mesmo), que viver isso. Não porque é uma fatalidade do destino, mas porque faz parte da vida.E cada um de nós vive, mesmo se de maneira dolorosa igual, de um jeito diferente as diferentes perdas pelas quais temos que atravessar.A pior de todas, é quando alguém que a gente ama morre. Esse é um sentimento de perda irreparável. Um amigo não vale pelo outro, um irmão não vale pelo outro e nada no mundo poderá substituir nossos pais. Tenho uma amiga sábia que diz que “nunca somos velhos o suficiente para ficarmos órfãos.” E ela tem razão. E mesmo se o tempo aplaca essa dor, sempre vai ficar dentro da gente aquele sentimento indecifrável de vazio. É a ideia do “nunca mais ver” que dói mais. E quando esta se une à ideia de não termos feito algo mais, não termos dito algo mais, ainda é pior.Outra dor de perda é quando a pessoa que se ama se vai. Transforme em gestos e palavras tudo aquilo que se passa no seu coração.Vive muito melhor dor de perda quem sabe que fez a sua parte. Ainda vai doer, mas de maneira bem diferente.Nossos pêsames a família Rosário..MENSAGEM DA REDAÇÃO DO MACUCONEWS
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :